Qual é o valor do Bolsa Família? Quando e como sacar!

Valor do Bolsa Família 2017 – Deixa eu adivinhar, você chegou nesse site cheio de dúvidas sobre os valores pagos para as famílias que fazem parte do programa Bolsa Família? Ou como e onde retirar o valor quando já faz parte do programa? Pois então veio ao lugar certo, porque vamos explicar melhor os tipos existentes do benefício disponíveis, seus valores e a forma correta de saque para esse ano 2017. Preparado?

Como você já sabe o Bolsa Familia é um programa de ajuda a famílias com baixa renda ou em situação de pobreza do Brasil.

Quais são os requisitos para entrar no programa?

Quais são os tipos de  Benefícios – Valor do Bolsa Família!

Qual é o valor do bolsa família? Saiba o valor oferecido por filho no Bolsa Família. Confira agora cada um dos tipos de benefício e quais são os valores de cada um deles.

  • Básico

Feito para às famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, famílias que possuem a renda per capita de até R$ 85,00 ao mês, sendo assim completamente dependentes do benefício para a sobrevivência. Sendo pago o valor de R$ 85,00 por mês.

  • Variável

Essa modalidade do benefício possui uma variedade grande, pois ele varia para se adequar melhor a cada família, originalmente ele é oferecido às famílias pobres e/ou extremamente pobres que possam em sua formação familiar pelo menos um desses casos: uma nutriz (mãe ainda amamentando) ou crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. O valor pago por cada benefício é de R$ 39,00, entretanto cada família pode ter no máximo 5 benefícios por vez chegando a R$ 195,00.

  • Variável à gestante

Elegível para as famílias que possuam pelo menos uma gestante em sua composição. O benefício é concedido à família da grávida por nove meses, justamente o período da gestação contando da data do início do recebimento do benefício e não da gravidez em si. É pago o valor de R$ 39,00 por mês.

  • Variável de 0 a 15 anos

Oferecido exclusivamente para as famílias que possuem em sua composição crianças e/ou adolescentes ente 0 a 15 e onze meses de idade. Sendo pago o valor de R$ 39,00 por criança/adolescente que estejam devidamente registrados e frequentando a escola.

  • Variável Nutriz

Na realidade essa modalidade é uma ajuda extra oferecida às famílias de crianças com idades entre 0 e 6 meses de idade. O seu pagamento é dividido em até seis parcelas mensais, mas somente se a criança for devidamente registrada no Cadastro Único durante todo esse período. O valor destinado é de R$ 39,00 mensais, por criança.

  • Variável Jovem

Cedido às famílias que possuam na sua composição pelo menos um adolescente entre 16 e 17 anos de idade que esteja devidamente matriculado na escola. Sendo pago R$ 46,00 por adolescente. O limite dessa variável é diferenciado sendo possível acumular apenas de dois benefícios mensais por família.

  • Superação da Extrema Pobreza

Concedido somente às famílias que continuam em situação de extrema pobreza mesmo após receber outros benefícios oferecidos pelo programa como o “básico” dito anteriormente. A regra do valor desta modalidade é alterada pois é feito um cálculo caso a caso para ter certeza que as famílias consigam superar o limite de renda da extrema pobreza no qual se encontram.

Mas fique atento!

O máximo que cada beneficiário pode receber são 5 benefícios, ou seja se na família existem 6 crianças dentro das regras citadas, o valor máximo pago pelo governo é sempre de 5 benefícios.

Por último é cedido as famílias com ao menos um adolescente entre 16 e 17 anos também propriamente matriculado e frequentando a escola o valor de R$ 46,00, entretanto assim como na regra anterior há um limite de benefícios, sendo que nessa modalidade diminui para apenas 2 por família.

Cada família registrada no programa Bolsa Família pode acumular as diferentes formas do benefício que foi apresenta aqui, mas somente no valor máximo de R$ 372,00 por mês.

E para sacar o Bolsa Família como eu faço?

Primeiro após a família ser selecionada para o programa é enviado o Cartão Bolsa Família para a residência cadastrada. O cartão precisa ser ativado, para isso é preciso cadastrar ou recadastrar a senha, então basta entrar em contato no Atendimento Caixa ao Cidadão no 0800 726 02 07 com o número do NIS (Número de Identificação Social), RG e CPF em mãos ou ir até uma agencia da Caixa Econômica Federal com os documentos.

Depois de fazer esse registro inicial o responsável pela família deve comparecer em uma lotérica com um documento com foto para a fase final do cadastramento ou recadastramento.

Com o cartão em mãos e senha já cadastrada fica tudo mais fácil. Basta ir em qualquer caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, Lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui para efetuar o saque seguindo o Calendário do Bolsa Família do ano atual.

O pagamento do benefício é definido pelo último número do NIS (presente na frente do cartão magnético). Só é possível fazer o saque do beneficio a partir do dia marcado no calendario do Bolsa familia do ano atual, não estando disponível anteriormente.

É muito importante respeitar as datas para o saque do benefício e ficar sempre atento ao Calendario do Bolsa Família para não correr o risco de perder o valor para receber!

Calendário de pagamento das bolsas 2017

Calendario para recebimento do Bolsa familia 2017

Calendário Bolsa Família vigente ano 2017

Perdi o meu cartão do Bolsa Família, e agora?

Vá até qualquer agência da Caixa Econômica Federal com um documento de identificação (preferencialmente com foto) e solicite a ajuda de um funcionário avisando que quer fazer o saque do seu benefício do Bolsa Família, porém não está com o seu cartão.

Pronto, agora você já conhece de forma mais aprofundada todos tipos disponíveis de benefícios e os valores oferecidos pelo programa, além da forma de cadastrar o seu cartão e efetuar o saque de forma tranquila, prática e rápida! 🙂

Ficou com dúvidas no valor do bolsa família? Deixe abaixo o seu comentátio!

Deixe o seu Comentário: